_PDD3881

Gostei muito de retornar a Pedra.

De certa forma o Homem Pedra começou lá, quando estive por ali ano passado. E hoje tive a impressão de que em cima daquela pedra  poderia fazer o projeto inteiro.

Algumas das fotos que fiz lá foram usadas no portfolio que enviei para a Fundarpe com o pedido de bolsa para o Salão de Pernambuco.

É uma cidade muito pequena, que cresceu em volta de um grande lajedo.

A relação dos habitantes da cidade com o lajeto é muito interessante.

Sempre tem alguém em cima da pedra. Lá as pessoas vão para dar um tempo, bater um papo, lavar roupa, tomar banho, rezar num dos dois santuários, passear com cachorro, namorar…

Eu gosto de ir lá para fotografar.

Anúncios