Image

Este ano fui convidado pelo curador Éder Chiodetto para doar uma obra para o Clube de Colecionadroes de Fotografia do Museu de Arte Moderna de São Paulo.

Escolhemos para participar e automaticamente entrar para o acervo do MAM a fotografia ASA, de 2004.

Asa é uma fotografia da coleção Rota Raiz, que acabou não entrando no livro.

Foram impressas 118 cópias, 100 para os assinantes do clube, 2 para o acervo do Museu, e 6 para os curadores dos clubes, que se remuneram com uma assinatura de cada versão (fotografia, gravura, escultura, design).

Fiz as cópias aqui em casa, quase bati asas…Image

Abaixo, o texto que acompanha a foto, uma breve introdução, feita à pedido da coordenadora do Clube, Fátima Pinheiro.

 

Sobre Asa – 2004/14 

A fotografia que apresento ao Clube de Colecionadores de Fotografia o MAM é uma das inúmeras anotações que realizei durante minhas viagens ao Vale do Jequitinhonha entre 2002 e 2008.

 Foi realizada em 2004, durante uma pequena feira livre da cidade de Grão Mogol, uma pequena cidade histórica, formada por garimpeiros de diamante, na região nordeste de Minas Gerais.

 Cheguei a Grão Mogol pela primeira vez ao meio dia, e já estava em seu fim a pequena feira diária, na praça principal da cidade. Percorri-a com olhos ávidos por imagens pitorescas, vivas daquela volta a um passado perdido por nós habitantes das grandes cidades.

Logo vi um senhor vendendo suas últimas galinhas vivas, que é como a maioria dos clientes gosta de comprar galinhas no interior. À sombra de uma grande figueira estavam duas ou pouco mais galinhas, amarradas pelos pés para não fugirem. Uma delas estava com uma de suas asas abertas sobre a areia, o que me levou diretamente à Àfrica, pela forma continental que vi naquela asa aberta.

 Virou fotografia. Passou imediatamente a integrar minha coleção de errâncias, que àquela época tinha o nome de Rota, e pouco depois passou a chamar-se Rota: Raiz, e 9 anos depois finalmente foi publicada em livro pela editora Tempo D’Imagem. A Asa não entrou na edição final do livro, mas agora faz parte deste importante acervo.

 Pedro David

Maio de 2014.

Image

Anúncios